Abertura da 32ª Oliarqui

A abertura da 32ª Oliarqui foi realizada na sexta-feira, dia 15 de setembro e, como sempre, lotou o Ginásio Poliesportivo do Colégio Marista Arquidiocesano. Em um primeiro momento, houve o desfile das delegações dos 53 colégios participantes. Depois, houve o hino nacional, o hasteamento das bandeiras do colégio, da bandeira Paulista e da Nacional, além dos juramentos dos atletas Thalita Zuliani (vôlei) e Bruno Añez (handebol).

As apresentações artísticas tiveram como tema o “Bicentenário Marista: um novo começo” e a cena inicial contemplou o jovem Montagne. As meninas do ballet clássico emocionaram com a coreografia que teve solo da professora Débora Medeiros. A ideia trabalhada foi a de que ‘Maria orientasse nosso caminho na fé’.

Os valores Maristas foram trabalhados pelos alunos da Ginástica Artística e a dança enfatizou a importância de cidadãos éticos e justos na sociedade. O corpo de baile se utilizou das violetas, “flores pequeninas que simbolizam as três virtudes Maristas – humildade, simplicidade e modéstia”.

O pessoal da Street Dance tratou do “Novo começo”. Em um determinado momento, as luzes do Poli se apagaram e os dançarinos munidos de luzes coloridas, cantaram, junto com toda a comunidade escolar o hino “Brilha Champagnat”.

Finalizadas as apresentações artísticas, houve a corrida da tocha e o ritual da pira olímpica que contou com a participação da atleta de handebol Dani Jóia.

“Além de evangelizar, o Instituto Marista transforma crianças e jovens. Hoje abrimos nossas portas para atletas, confraternizando, dando exemplo de disciplina, integração e amizade, valores cristãos que preconizamos no colégio. A abertura foi um momento forte e marcante de comemorar o nosso Bicentenário Marista. A atenção da plateia e a emoção dos alunos e participantes explicou tudo”, afirmou Valentin Fernandes, Diretor Geral do Colégio Marista Arquidiocesano.

 


← Voltar
© Copyright 2000-2018 Colégio Marista Arquidiocesano. Todos os Direitos Reservados Desenvolvimento: WeeSh